segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Desejo



Um novo dia aparece, mas quero tudo... Quero o sol e quero a lua, a noite e o dia, quero você... Mas só se for completo.
O nosso maior erro foi se dividir.
Quero voar e quero meus pés plantados no chão.
Quero seu nome no meu, quero minha alma na sua, quero seus sonhos e que ele faça parte do nossa realidade.
Vamos tentar mais uma vez.

2 comentários:

Cesar Costa disse...

Ah! Este sentimento incoerente me arrebata... Ora me traz vida e ora me mata, vã contradição que me maltrata assim te desejo de forma desesperada e calmamente, tão responsável e inconseqüente, sem pudor e castamente
Ah! Sentimento incoerente que me domina de forma tão vil e puramente de modo suave e profundamente que me aquieta e alucina como a imagem da mulher dos meus sonhos, assim eu te quero de modo igual e diferente em que se confundem meu corpo, minha alma e minha mente
Por você, tenho uma forma própria de desejar, um jeito só meu doce, sensual, envolvente, te quero de um jeito manso, mas pode se tornar voraz... Dependendo de cada momento ele se modifica... E num apetite insaciável continuo sonhando com você, minha presa que me prende... Vem mulher dos meus sonhos que meu sentimento incoerente me faz te saborear com apetite e te desejar sem me saciar...

Deisy Cristiane disse...

Nunca consegui me igualar em palavras contigo.