terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Começou o ano e no meu caso ele só começa de verdade após o dia 12 de janeiro. Hoje com uma saudade do Glee e um desejo imenso de melhorar meu inglês e o meu português (claro rs). Eu simplesmente amo esta música vou postar os dois vídeos, a versão Glee e a versão The Scientist, letra e música poderosa. Uau!

Hoje  eu me sinto assim, "voltando para o começo!"

The Scientist

Come up to meet you, tell you I'm sorry
You don't know how lovely you are
I had to find you, tell you I need you
And tell you I set you apart
Tell me your secrets, and ask me your questions
Oh let's go back to the start
Running in circles, coming up tails
Heads on a science apart

Nobody said it was easy
It's such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be this hard
Oh take me back to the start

I was just guessing at numbers and figures
Pulling the puzzles apart
Questions of science, science and progress
Don't speak as loud as my heart
So tell me you love me, come back and haunt me
Oh, when I rush to the start
Running in circles, chasing in tails
Coming back as we are

Nobody said it was easy
It's such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be so hard
I'm going back to the start

OOhh [x4}

O Cientista

Vim pra lhe encontrar, dizer que sinto muito
Você não sabe o quão amável você é
Tenho que lhe achar, dizer que preciso de você
E te dizer que eu escolhi você
Conte-me seus segredos, faça-me suas perguntas
Oh, vamos voltar pro começo
Correndo em círculos, perseguindo a cauda
Cabeças numa ciência à parte

Ninguém disse que era fácil
É uma pena nós nos separarmos
Ninguém disse que era fácil
Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim
Oh, me leve de volta ao começo

Eu só estava pensando em números e figuras
Rejeitando seus quebra-cabeças
Questões da ciência, ciência e progresso
Não falam tão alto quanto meu coração
Diga-me que me ama, volte e me assombre
Oh, quando eu corro pro começo
Correndo em círculos, perseguindo nossas caudas
Voltando a ser como éramos

Ninguém disse que era fácil
É uma pena nós nos separarmos
Ninguém disse que era fácil
Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim
Eu estou indo de volta para o começo

Oh

visto em: https://www.vagalume.com.br/coldplay/the-scientist-traducao.html


 

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Que o caminho seja brando a teus pés,
O vento sopre leve em teus ombros.
Que o sol brilhe cálido sobre tua face,
As chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
que os Deuses te guardem nas palmas de Suas mãos
Que a estrada abra à sua frente,
que o vento sopre levemente em suas costas,
que o sol brilhe morno em e suave em sua face,
que a chuva caia de mansinho em seus campos.
E até que nos encontremos de novo...
Que os Deuses guardem, você na palma das suas mãos.
Que as gotas da chuva molhem suavemente o seu rosto,
que o vento suave refresque seu espírito,
que o sol ilumine seu coração,
que as tarefas do dia não sejam um peso nos seus ombros,
e que Deus envolva você no seu manto de amor.
Prece Irlandesa

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Domingo

Um domingo tranquilo, dolorido por uma coluna problemática, mas feliz com amor no coração. 

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Texto do facebook de exatos um ano atras...

Quando olhamos para traz e só vemos o que poderíamos ser, e sofremos pelas coisas que deixamos de fazer. Passamos a acredita que o mundo caiu, mas não, isto é apenas um começo, o primeiro passo para a libertação. Uma vida nova, novos rumos, caminhos mais floridos ou mais agrestes. O importante é continuar na estrada e não deixar de combater o bom combate. Guerras existirão em todos os dias da nossa existência e a vida e é um milagre que devemos agradecer. Não podemos impedir que o sol nasça e que se ponha, a vida continua mesmo assim, com o coração partido ou com a falta de um.
Pior é viver mentiras, pior é guardar mágoas, triste é culpar outrem por não ter coragem e viver entre o céu e a terra.
Nós somos frutos das nossas escolhas, somos serres que nascemos, crescemos e vivemos para sermos felizes e tudo o que impede esta felicidade deverá ser decepado.
E este texto vai assim sem correções, só com um sentimento de que o que estava ao nosso alcance foi tentado, e tentado e tentado, que a honestidade deverá sempre ser uma companheira valorosa, nunca abandonada em uma trincheira pantanosa. Reconheçamos que para os Deuses sorrirem, primeiro devemos, estar muito consciente de nossas alternativas, optando sempre e sempre pelas que nos fazem sentir-se realizados, como uma parte de algo único e preciso. De termos, sobretudo coragem para não se violentar, vontade para não desviar da luta, sermos alguém que nossos filhos respeitaria. Ainda que nunca vejamos seu sorriso.
Dói pensar que não temos uma segunda chance de refazer o passado e acertar, mas é muito bom sabermos que podemos aprender com erros ainda que homérico e desinteligente.
Nunca permita que diga que seus sonhos são besteiras e que você merece pouco.
Pois somos únicos e insubstituíveis.
Uma vida maravilhosa nos espera!

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Desejo



Um novo dia aparece, mas quero tudo... Quero o sol e quero a lua, a noite e o dia, quero você... Mas só se for completo.
O nosso maior erro foi se dividir.
Quero voar e quero meus pés plantados no chão.
Quero seu nome no meu, quero minha alma na sua, quero seus sonhos e que ele faça parte do nossa realidade.
Vamos tentar mais uma vez.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Saudades

Sinto saudades do seu “xau”,
Sinto falta de me despedir de você,
Não sei, entre tantas coisas maravilhosas 
Sinto falta de olhar para traz e te dar um “xau” e te ver rezando para que nada de mau acontecesse, aos que privilegiavam do seu amor
E te encontrar  novamente, sorrir contigo e da nossa rotina do “xau”,  parar na esquina e olhar e te ver acenando...
E achar que tudo estava bem.
Saudades minha Vó eu te amo para sempre.
Muita luz!
E xau querida sei que tudo vai ficar bem com os seus queridos.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014